Arquivo do Autor

Tabela “De Olho no Imposto” com vigência de 01/10/2017 a 31/12/2017 está disponível.

Atenção, já foram liberadas as tabelas IBPT para a vigência de 01/10/2017 a 31/12/2017.

Acesse o link https://deolhonoimposto.ibpt.org.br/ e baixe a tabela de acordo com o seu Estado.

Caso não esteja conseguindo baixar as tabelas através do link acima, entre em contato.

Sem Comentários mais...

Alterações na Tabela de NCM

A nova Tabela de NCMs, entrou em vigor no dia 02/01/2017, e devido a dificuldade de implementação o ENCAT soltou a Nota Técnica 2106.003 com detalhes desta atualização nos cadastros.

Ambiente de homologação: 01/02/2017

Ambiente de Produção: 13/02/2017

Período de tolerância para uso pelas empresas da tabela de NCM anterior: até 31/03/2017

Foram excluídos  331 códigos NCM, os quais poderão ser utilizados até dia 31/03/2017 e incluídos 481 novos códigos na tabela, que somente poderão ser utilizados a partir de 01/02/2017.

Após 31/03/2017, a NF-e que for emitida com um código NCM inválido será retornado a rejeição “778 – Informado NCM inexistente“.

Portanto será necessário revisar os cadastros de NCM em seu sistema de retaguarda.

A Multicomp visando facilitar o trabalhos de identificação e correção de itens com NCMs excluídas desenvolveu os programas abaixo:

AUDT0001 – Identifica Itens com NCM excluídas da nova tabela, gerando um relatório e um arquivo CSV.

AIMRM368 – Troca NCM do Item.

A nova tabela de NCM publicada na Resolução Camex nº 125/16 está disponível no Portal da NF-e, endereço <www.nfe.fazenda.gov.br>, no menu “Documentos”, opção “Diversos”, “NCM 8 Dígitos – vigência a partir de 01/01/2017 – Ref. Nota Técnica 2016.003”.
Os novos códigos incluídos na tabela de NCM estão realçados em verde com a informação de início de vigência em 01/01/2017.
Os códigos NCM extintos pela Resolução Camex estão realçados em vermelho com informação fim de vigência 31/03/2017.

 

*** Em caso de duvidas entre em contato com a Consultoria da Multicomp.

Comentários desativados em Alterações na Tabela de NCM mais...

Sefaz suspende download de emissor NF-e temporariamente

A Sefaz-MA suspendeu, temporariamente, a disponibilização do download do programa da NFE, em decorrência de sobrecarga ocasionada pela demanda de empresas de todo o Brasil para baixar o Programa Emissor da NFE gratuito disponibilizado pelo Estado do Maranhão, após a cessão pelo Estado de São Paulo.

Com a sobrecarga todas as aplicações do portal da Sefaz-MA ficaram indisponíveis para os contribuintes maranhenses, a exemplo dos sistemas como DARE, SEFAZNET e Emissão de boletos do IPVA.

Portanto, em função dessa momentânea incapacidade de atender a demanda de empresas de todo o país, que pretendem utilizar o emissor de NF-e que será atualizado pela Sefaz-MA, o corpo técnico de tecnologia está discutindo alternativas para solucionar o problema.

Uma das alternativas é permitir os downloads a partir de outros links. Amanhã informaremos a solução.

Fonte: http://portal.sefaz.ma.gov.br/portalsefaz/jsp/noticia/noticia.jsf?codigo=4119

Comentários desativados em Sefaz suspende download de emissor NF-e temporariamente mais...

Novo prazo para envio da EFD (SPED ICMS-IPI)

A partir da referência abril de 2016 os arquivos da EFD deverão ser entregues até o dia 20 (vinte) do mês subsequente conforme Portaria CAT 22 de 16/02/2016 que alterou o artigo 10 da Portaria CAT 147 de 2009.

Dessa forma:
• A EFD da referência fevereiro de 2016 deverá ser entregue até o dia 25/03;
• A EFD da referência março de 2016 deverá ser entregue até o dia 25/04;
• A EFD da referência abril 2016 deverá ser entregue até o dia 20/05;
• As demais EFD deverão ser entregues até o dia 20 do mês subsequente.

Fonte: https://www.fazenda.sp.gov.br/sped

Comentários desativados em Novo prazo para envio da EFD (SPED ICMS-IPI) mais...

Prorrogação do prazo de entrega da ECF

Publicada a Instrução Normativa RFB nº 1.633

Foi publicada a Instrução Normativa RFB nº 1.633, de 3 de maio de 2016, que altera o prazo de entrega da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) para o último dia útil do mês de julho no ano seguinte ao ano-calendário a que se refira a ECF.

Além disso, foi alterado o prazo de entrega de situações especiais da ECF, conforme abaixo:

– Situações especiais de janeiro a abril: Último dia útil do mês de julho.

– Situações especiais de maio a dezembro: Último dia útil do 3º (terceiro) mês subsequente ao mês do evento.

Com isso, o período entre a entrega da Escrituração Contábil Digital (ECD) e da ECF será sempre de 2 meses.

Fonte: http://sped.rfb.gov.br/pagina/show/1967

Comentários desativados em Prorrogação do prazo de entrega da ECF mais...

Escrituração Contábil Digital (ECD)

O prazo de entrega da Escrituração Contábil Digital (ECD) não será postergado.

Conforme a Instrução Normativa RFB nº 1.420/2013, a data-limite de entrega da ECD, referente ao ano-calendário 2015 e situações especiais de janeiro a abril/2016, será o último dia útil do mês de maio de 2016 (31/05/2016).

Fonte: http://sped.rfb.gov.br/pagina/show/1954

Comentários desativados em Escrituração Contábil Digital (ECD) mais...

CEST – Prorrogação – Convênio ICMS 16/2016 de 24/03/2016

O Conselho Nacional de Política Fazendária -CONFAZ, na
sua 260ª reunião extraordinária realizada no dia 24 de março de 2016,
tendo em vista o disposto nos art. 6º a 9º da Lei Complementar nº 87,
de 13 de setembro de 1996, bem como na alínea “a” do inciso XIII do
§ 1ºe no §7º do art. 13 da Lei Complementar nº 123, de 14 de
dezembro de 2006, e nos arts. 102 e 199 do Código Tributário Nacional
(Lei nº 5.172, de 25 de outubro de 1966), resolve celebrar o seguinte:

CONVÊNIO

Cláusula primeira O inciso I da cláusula sexta do convênio
ICMS 92, de 20 de agosto de 2015, passa a vigorar com a seguinte
redação:

“I – ao §1º da cláusula terceira, a partir de 1º de outubro de
2016;”.
Cláusula segunda Este convênio entra em vigor na data da
publicação.

Fonte: D.O.U – Seção 1 – Página 30 – 28/03/2016

Comentários desativados em CEST – Prorrogação – Convênio ICMS 16/2016 de 24/03/2016 mais...

Comunicado SEFAZ – SP – Parada Manutenção

Prezado Contribuinte,

Informamos que a SEFAZ/SP realizará uma parada para manutenção em seus sistemas da NF-e no próximo sábado, dia 24/10/2015, das 15h00 até domingo, dia 25/10/2015 ás 17h00. Neste período os contribuintes poderão utilizar quaisquer alternativas de contingência previstas na legislação, inclusive o SVC-AN, que estará ativo junto ao Ambiente Nacional da Receita Federal.

Fonte: https://www.fazenda.sp.gov.br/nfe/

Comentários desativados em Comunicado SEFAZ – SP – Parada Manutenção mais...

PIS/COFINS: SIMPLES NACIONAL – QUAL CST UTILIZAR NA EMISSÃO DE NF-e?

PIS/COFINS: SIMPLES NACIONAL – QUAL CST UTILIZAR NA EMISSÃO DE NF-e?

Equipe Portal Tributário

A legislação do Simples Nacional instituiu o tratamento de recolhimento mensal unificado do  PIS e da Cofins, no entanto isto não alcança toda e qualquer receita, tendo situações específicas em que os optantes do Simples Nacional submetem-se ao recolhimento dessas contribuições, como é o caso da fabricação ou importação de produtos sujeitos à substituição tributária ou submetidos ao regime monofásico.

Tendo em vista que a fabricação ou importação de produtos sujeitos a substituição tributária ou ao regime monofásico submete a pessoa jurídica optante do Simples Nacional ao recolhimento das contribuições sociais conforme as alíquotas próprias, aplicáveis às demais empresas, bem como no caso de vendas ao exterior ou a Comercial exportadora, estas receitas devem ser classificadas como sem incidência de contribuições, com CST próprio.

O procedimento correto de codificação do CST a ser adotado pela pessoa jurídica optante, em relação ao CST PIS e Cofins a ser informado em cada item/produto constante na NF-e, deve ser:

– Vendas tributadas no regime do Simples Nacional (Recolhimento único): CST 49

– Tributadas no regime monofásico (Fabricantes de bebidas frias, medicamentos, autopeças, etc.): CST 02 ou 03

– Tributadas no regime monofásico (Revenda de Combustíveis, bebidas frias, medicamentos, autopeças, etc.): CST 04

– Tributadas no regime de substituição tributária (maquinas agrícolas auto propulsadas): CST 05.

– Vendas para exportação e a Pessoa Jurídica comercial exportadora, com o fim específico de exportação: CST 08

Fonte: http://www.portaltributario.com.br/noticias/simples-cst-pis.htm

Comentários desativados em PIS/COFINS: SIMPLES NACIONAL – QUAL CST UTILIZAR NA EMISSÃO DE NF-e? mais...

Qual percentual devo informar no cadastro de Parâmetros Fiscais da Empresa para emitir notas fiscais com aproveitamento de crédito de ICMS?

De acordo com a Resolução CGSN nº 10 de 28/06/2007 (http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/Resolucao/2007/CGSN/Resol10.htm) a percentual a ser informado é  o previsto na coluna “ICMS” nos Anexos I ou II da Lei Complementar n º 123, de 2006 para a faixa de receita bruta a que ela estiver sujeita no mês anterior ao da operação.

Essa informação deve ser obtida junto ao seu contador todo mês antes de iniciar a emissão da notas fiscais no mês corrente.

Não confundir com a alíquota do Simples.

No exemplo abaixo os percentuais que deverão ser informados no cadastro de Parâmetros Fiscais da Empresa será os da coluna ICMS.

Receita Bruta em 12 meses (em R$) Alíquota IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ICMS IPI
Até 180.000,00 4,50% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% 2,75% 1,25% 0,50%
De 180.000,01 a 360.000,00 5,97% 0,00% 0,00% 0,86% 0,00% 2,75% 1,86% 0,50%
De 360.000,01 a 540.000,00 7,34% 0,27% 0,31% 0,95% 0,23% 2,75% 2,33% 0,50%
De 540.000,01 a 720.000,00 8,04% 0,35% 0,35% 1,04% 0,25% 2,99% 2,56% 0,50%
De 720.000,01 a 900.000,00 8,10% 0,35% 0,35% 1,05% 0,25% 3,02% 2,58% 0,50%
De 900.000,01 a 1.080.000,00 8,78% 0,38% 0,38% 1,15% 0,27% 3,28% 2,82% 0,50%
De 1.080.000,01 a 1.260.000,00 8,86% 0,39% 0,39% 1,16% 0,28% 3,30% 2,84% 0,50%
De 1.260.000,01 a 1.440.000,00 8,95% 0,39% 0,39% 1,17% 0,28% 3,35% 2,87% 0,50%
De 1.440.000,01 a 1.620.000,00 9,53% 0,42% 0,42% 1,25% 0,30% 3,57% 3,07% 0,50%
De 1.620.000,01 a 1.800.000,00 9,62% 0,42% 0,42% 1,26% 0,30% 3,62% 3,10% 0,50%
De 1.800.000,01 a 1.980.000,00 10,45% 0,46% 0,46% 1,38% 0,33% 3,94% 3,38% 0,50%
De 1.980.000,01 a 2.160.000,00 10,54% 0,46% 0,46% 1,39% 0,33% 3,99% 3,41% 0,50%
De 2.160.000,01 a 2.340.000,00 10,63% 0,47% 0,47% 1,40% 0,33% 4,01% 3,45% 0,50%
De 2.340.000,01 a 2.520.000,00 10,73% 0,47% 0,47% 1,42% 0,34% 4,05% 3,48% 0,50%
De 2.520.000,01 a 2.700.000,00 10,82% 0,48% 0,48% 1,43% 0,34% 4,08% 3,51% 0,50%
De 2.700.000,01 a 2.880.000,00 11,73% 0,52% 0,52% 1,56% 0,37% 4,44% 3,82% 0,50%
De 2.880.000,01 a 3.060.000,00 11,82% 0,52% 0,52% 1,57% 0,37% 4,49% 3,85% 0,50%
De 3.060.000,01 a 3.240.000,00 11,92% 0,53% 0,53% 1,58% 0,38% 4,52% 3,88% 0,50%
De 3.240.000,01 a 3.420.000,00 12,01% 0,53% 0,53% 1,60% 0,38% 4,56% 3,91% 0,50%
De 3.420.000,01 a 3.600.000,00 12,11% 0,54% 0,54% 1,60% 0,38% 4,60% 3,95% 0,50%
Comentários desativados em Qual percentual devo informar no cadastro de Parâmetros Fiscais da Empresa para emitir notas fiscais com aproveitamento de crédito de ICMS? mais...

Newsletter

Receba atualizações do blog por e-mail:

  • Bem vindo ao nosso Blog

    Aqui você encontra mais informações sobre a Multicomp, tira suas dúvidas, fica por dentro das novidades e curiosidades.

  • Categorias

  • Calendário de Publicações

    setembro 2017
    S T Q Q S S D
    « jun    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930  
  • Copyright © Novidades Multicomp (Multi Blog). Todos os direitos reservados. www.multicomp.com.br